AS Notícias Online
HOME ESPORTE GERAL POLÍCIA POLÍTICA EMPREGOS MULHERES AGENDA COLUNISTAS FOTOS VÍDEOS CONTATO
Boa noite - Itabira, quinta, 17 de outubro de 2019 Hora: 22:10

POLITÍCA
Economia na Festa do Vinho de Catas Altas chega a 75% em relação à 2018
10/07/2019

Em comparação com 2012, o valor foi 88,1% menor

Embora com um investimento 75 % menor em comparação a 2018, a 19ª edição da Festa do Vinho de Catas Altas foi uma das mais elogiadas dos últimos anos.

 Para a realização dessa edição, foram investidos cerca de R$ 90 mil de recursos públicos, valor bem abaixo dos R$ 360 mil gastos em 2018. Se comparado com ano de 2012, a economia chegou a 88,1%, já que aquela edição da Festa do Vinho custou aos cofres públicos R$ 760.688,06.

Mesmo sem contar com artistas de renome nacional, o evento de 2019 ganhou elogios e aprovações de quem esteve presente por valorizar as bandas e a cultura local, com destaque para gastronomia e aos produtores de vinho que venderam quase duas mil garrafas da bebida nos três dias de festa. 

Mais economia e qualidade - A ideia de produzir as tradicionais festas com menos recursos sem perder a qualidade é um objetivo que vem sendo alcançado desde que a atual gestão assumiu o governo em 2017.

Em 2018, foram investidos aproximadamente R$ 604.055,36 na promoção das três principais festividades da cidade (Carnaval, Festa do Vinho e Cavalgada da Sede) contra R$ 1.972.013,60 em 2012. O que representa uma redução de 69%. 

Somente para efeito de comparação, o valor total dos três eventos realizados em 2018 foi inferior a um único evento promovido em 2012. Naquela ocasião, a Festa do Vinho custou aos cofres públicos R$ 760.688,06 e a cavalgada da sede R$ 956.944.86. 

Já em 2017, a economia chegou a 60,47%. Dos R$ 2.540.909,96 gastos pela gestão passada com Carnaval, Festa do Vinho e cavalgadas da sede e do Morro D’Água Quente, a atual Administração investiu R$ 1.004.520,30.

Com o valor gasto em 2012 (R$ 2.540.909,96) em quatro eventos, foi possível fazer sete em 2017 e 2018 e ainda sobraram 830 mil. Os valores incluem estruturas, shows, produção, publicidade e demais despesas de logística. 

Em 2019, o carnaval não contou com recursos públicos. A festa aconteceu graças à união dos empresários locais com articulação e apoio da Secretaria de Turismo e Cultura.

“Continuamos com o pensamento de que podemos fazer mais, com qualidade, gastando menos. E como isto tem sido feito? Com gestão consciente do dinheiro público”, destaca o vice-prefeito Fernando Rodrigues Guimarães. 

Segundo o secretário de Turismo e Cultura, Rodolpho Sanches, a Festa do Vinho de 2019 contou com recursos privados, o que colaborou para a realização do Festival. “Temos buscado parcerias para viabilizar os eventos nesse atual contexto.

Além da Festa do Vinho, o nosso carnaval também foi realizado desta forma, sem nenhum investimento financeiro advindo da prefeitura. Foi o carnaval mais econômico de Catas Altas e um dos melhores em relação à programação”, explica Sanches.

 








INFORMAÇÃO COM RESPONSABILIDADE! Whatsapp: (31) 9 8863-6430
E-mail: contato@asnoticiasonline.com.br
AS Notícias Online 2019. Todos os Direitos Reservados.
Desenvolvedor: SITE OURO

Copyright © 2017 - AS Notícias Online - Todos os direitos reservados.
É proibida a reprodução desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização.