AS Notícias Online
HOME ESPORTE GERAL POLÍCIA POLÍTICA EMPREGOS MULHERES AGENDA COLUNISTAS FOTOS VÍDEOS CONTATO
Boa tarde - Itabira, terça, 24 de novembro de 2020 Hora: 13:11

POLÍCIA
Parentes e amigos protestaram pedindo justiça em frente Delegacia em Santa Bárbara
20/11/2020

SANTA BARBARA(MG)- Familiares e amigos do jovem Alessio Henrique Pereira, 20 anos, na tarde desta quinta-feira, 19 de novembro de 2020, ao quais os manifestantes exigem a prisão dos envolvidos identificados no crime. O corpo do jovem foi encontrado morto boiando em uma lagoa no último dia 17 de novembro de 2020.

Os manifestantes pediram por justiça em frente à Delegacia de Policia Civil em Santa Bárbara, depois que suspeitos foram presos e liberados após prestarem depoimentos na Delegacia Regional.

Com gritos de “queremos justiça, queremos respostas” eles se mantiveram durante grande tempo na Praça em frente à 27ª Delegacia Regional em Santa Bárbara. No dia do crime as informações eram que a vítima se encontrava desaparecida desde a madrugada do domingo (15), depois que participou de um baile funk em um “Pesque e Pague”, na comunidade de Santa Quitéria, zona rural de Santa Bárbara.

Na ocasião o proprietário do estabelecimento compareceu ao 3º Pelotão da Policia Militar, onde relatou que por volta das 7 horas, da terça-feira (17) deparou com um corpo parcialmente submerso em uma das lagoas de seu Pesque e Pague, os Militares foram ao local, onde constataram que o corpo encontrado tratava-se de Alessio Henrique Pereira, desaparecida desde a madrugada do domingo.

Os Policiais verificaram junto ao circuito de imagens das câmeras do local, onde a vítima aparece sendo agredida por três indivíduos suspeitos identificados, em verificação e levantamento de informações conseguiram ainda que a motivação para as agressões teriam sido pelo fato da vítima ter passado as mãos nas nádegas da namorada de um dos envolvidos durante a festa. Os Militares, os Civis e o perito analisaram conjuntamente todas as imagens que mostram a vítima no ambiente interno do estabelecimento, impossibilitando ver se a vítima deixou o local desacompanhada.

Todos os envolvidos foram identificados, localizados e apresentados na delegacia de Polícia Civil de plantão, a Polícia trabalha com a hipótese da vítima ter sido espancado novamente depois de sair do alcance das câmeras e seu corpo ter sido desovado na represa ainda na madrugada o baile Funk.

Quatro suspeitos foram até presos e uma adolescente foi apreendida por possível participação no homicídio, mas após serem ouvidos na última terça-feira, na Delegacia foram liberados, por não terem sido presos em flagrante.

A liberação dos acusados causou a indignação popular que fez que amigos e familiares organizassem o protesto desta tarde.

Asnoticiasonline.com.br








construtorakellesduarte
INFORMAÇÃO COM RESPONSABILIDADE! Whatsapp: (31) 9 8863-6430
E-mail: contato@asnoticiasonline.com.br
AS Notícias Online 2020. Todos os Direitos Reservados.
Desenvolvedor: SITE OURO

Copyright © 2017 - AS Notícias Online - Todos os direitos reservados.
É proibida a reprodução desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização.