AS Notícias Online
HOME ESPORTE GERAL POLÍCIA POLÍTICA EMPREGOS MULHERES AGENDA COLUNISTAS FOTOS VÍDEOS CONTATO
Boa madrugada - Itabira, segunda, 17 de dezembro de 2018 Hora: 00:12 20 ºC
Velocidade do vento: 11.27 km/h
Nascer do Sol: 6:10 am e pôr do Sol: 7:28 pm

COLUNISTAS
Marcos Gabiroba e a crônica da semana “Eleições sombrias: é hora de torná-las límpidas”
01/10/2018

O nosso tempo, às vésperas de uma eleição, cujas perspectivas são sombrias, o povo no geral em movimento e insatisfeito, exige um renovado impulso de consciência para escolhermos bem os melhores entre os piores candidatos que se nos apresentam em todos os níveis, até agora. E, como não temos alternativas, pois o quadro é este que ora se apresenta me lembrei de uma expressão do grande escritor baiano, Gilberto Amado contida no seu clássico livro Eleição e representação lançado em 1931 e, ainda hoje, rica fonte de inteligentes e pertinentes observações, presentes na atualidade e interesse para compreensão do drama político do nosso País. O assunto sempre volta, ao tempo em que começam as campanhas eleitorais gratuitas na Tv e nos rádios, diga-se de passagem, programas estes inteiramente gratuitos, sem nenhum ônus para quem quer que seja.

Se bem que as técnicas modernas de marketing tenham melhorado seu visual, neles o que há de pior são os candidatos, estes via de regra, apresentando a enfadonha repetição de promessas ocas e vazias, agredindo de forma chocante a inteligência do eleitor. Passeiam pelos canais de Tvs e de Rádios os denominados “presidenciáveis”, todos se resguardando de emitirem conceitos claros e objetivos e mais precisos para quando as frutas estiverem maduras. Como estamos na última semana de campanha, as mentiras vão aumentar muito mais com pesquisas fabricadas e fraudulentas para que o povo que vota inconscientemente, ou consciente seja mais uma vez enganado, levando com isso os mais esclarecidos que incautamente sempre caem no canto da sereia, não é mesmo? Esta é a última semana para lançarem todas as cartas que têm nas mangas com que participarão do jogo sujo que sempre praticaram e pretendem continuar a praticar, pois nada querem modificar, de verdade a triste realidade em que vivemos. Pensem nisso. Desde o período perdido nas noites da História, em que as eleições eram realizadas a bico de pena, consagradas nas atas falsas, o Brasil realiza contínuas tentativas de fazer o casamento perfeito entre eleição e representação, isto é, buscar a essência da democracia pela seleção dos melhores e mais capazes. Para atingir esse objetivo, dois obstáculos dificultam a plena florescência democrática. Um é a proliferação de partidos políticos, cada vez menos autênticos e mais cartoriais, servindo apenas ao registro de candidatos, fato este que ainda prevalece. O outro, perverso e imoral é a corrupção eleitoral generalizada e as pesquisas elaboradas para confundir o eleitor indicando sempre àqueles de sua preferência e beneficiar os interesses das indústrias de pesquisas falsas. Os institutos que impactam o ambiente eleitoral são aqueles veiculados pela Rede Globo: Data Folha e Ibope que valem ouro, pois a Rede Globo é a maior interessada em iludir o povo a eleger aqueles que irão sempre manter milhões de dólares em seus cofres, mesmo sabendo que esta empresa deve ao Estado brasileiro bilhões de dólares, dinheiro este que deixa de ser usado na Educação, na Saúde, no Transporte, na Segurança e demais deficiências que o país vive há anos.

As pesquisas chegam como baldes de água fria de um lado e como mel do outro. Já pensaram nisso? As manipulações pré-eleitorais das pesquisas não podem ser subestimadas, pois são armas na guerrilha de contrainformações para enganar o povo que, infelizmente ainda nada vêm, nada enxerga e nada escuta. São todas preparadas para sustentar o “status quo” e se manterem as ervas daninhas sobrepondo ao trigo do bem. Porém, é de se observar que alguns “velhos” institutos de pesquisas já foram incinerados pela contumaz distorção de cenários políticos. Não mais aparecem e fecharam as portas depois de terem gastado o saldo que possuíam de credibilidade, especialmente quando persistiram no erro além do limite de se corrigirem. Outros permaneceram, ou melhor, sobreviveram e continuam manipulando números apenas longe das urnas e se alinhando ao resultado na véspera e na boca de urna. Pensem nisso, gente!

Temos quem defenda a não divulgação e publicação de pesquisas durante a campanha eleitoral, e eu sou um dos defensores desta prática, talvez, sozinho nestas plagas, porque não sou político, mas tão somente, um observador. Gente acorda! As pesquisas são o joio no meio de trigo. São sempre manipuladas a favor do candidato do interesse do grupo político que quer ganhar as eleições na marra para, ou se manterem no poder e, por consequência, seus privilégios, estes na eminencia de serem destruídos pelo voto popular. Pensem também nisso.

Por fim, se querem mudar este País “grande e bobo” a hora é agora. Por favor, não deixem para depois, pois depois já será tarde demais. Agora, cabe a você caro eleitor a sua própria decisão. O cérebro e o coração trabalham juntos e podem ajudá-los neste momento importante, porque ele é extraordinário e não tem nada a ver com os truques das falsas e insinuantes pesquisas eleitorais que se apresentam estas, para mais uma vez enganá-los com seus ilusionismos. As eleições do próximo domingo, dia 7 de outubro, tem uma característica especial, isto é, mudar o destino do Brasil num todo, num novo País. Numa nova República.

Por isso, você não pode errar em sua escolha. Escolhendo mal seu voto e no candidato, não terás o direito de chorar depois pelo leite derramado. Não é no votar o povo livremente que consciente a democracia; a democracia tem sido injustamente punida. Levante ela, às vezes, na embriaguez do circo ídolos cascudos que a deixam por terra, humilhada e batida, sangrando no chão da arena, Há de chegar o dia e a hora em que o Brasil saberá selecionar os melhores e os mais capazes. Quiçá, o dia e a hora sejam o agora. Tenho dito e pensem nisso.








INFORMAÇÃO COM RESPONSABILIDADE! Whatsapp: (31) 9 8863-6430
E-mail: contato@asnoticiasonline.com.br
AS Notícias Online 2018. Todos os Direitos Reservados.
Desenvolvedor: SITE OURO

Copyright © 2017 - AS Notícias Online - Todos os direitos reservados.
É proibida a reprodução desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização.