AS Notícias Online
HOME ESPORTE GERAL POLÍCIA POLÍTICA EMPREGOS MULHERES AGENDA COLUNISTAS FOTOS VÍDEOS CONTATO
Boa madrugada - Itabira, quinta, 15 de novembro de 2018 Hora: 05:11 19 ºC
Velocidade do vento: 14.48 km/h
Nascer do Sol: 6:6 am e pôr do Sol: 7:9 pm

COLUNISTAS
Marcos Gabiroba e a crônica da semana “O que é o cotidiano em nossas vidas?” Parte dois
05/06/2018

Meus amigos e amigas de nosso encontro semanal; semana passada meditamos um pouco, sobre o que é o cotidianos em nossas vidas no tempo moderno. Dando prosseguimento a esse tema ressaltamos: esta reflexão naturalmente poderá nos trazer uma melhor compreensão da nossa realidade e do nosso potencial interno e de como poderíamos viver melhor no cotidiano. O conhecimento junto à reflexão são ferramentas muito úteis no processo de educação no qual todos estamos inseridos e precisamos realizar. Educação no sentido de nos condicionar às melhores formas do pensar, do sentir e do agir quando então poderemos encontrar um jeito mais confortável e mais feliz de vivermos. Educação esta que não deve cessar. Ela é constate na missão principal do ser humano, isto é, na busca incansável de “ser feliz”.

Este trabalho de autoconhecimento e de auto melhoramento deve ser feito pela pessoa e simbolicamente podemos defini-lo como sendo a construção da ponte que nos leva a nós mesmos. Aqui podemos lembrar a famosa frase do filósofo grego Sócrates, quando nos disse: “Conheça a ti mesmo”.

Esta tarefa consiste em desenvolver a vida interior para atingir um ponto interno cada vez mais seguro e melhor. Em relação a esta postura e atitude, nota-se que na vida comum do ser humano existe uma tendência de se deixar as questões relativas ao nosso íntimo como estão, em função de variados compromissos de toda ordem.

Ao mesmo tempo, quando nos dispomos a buscar verdadeiramente o que de melhor existe dentro de nós, entraremos em contato com a nossa parte espiritual, ou seja, a nossa essência e individualidade com Deus, para Deus, e em Deus. Essa individualidade compõe-se de valores e virtudes como a Sabedoria, o Amor, o Equilíbrio, a Alegria e a Paz, as quais quando descobertas e vivenciados, promovem nossa realização e nossa felicidade. Já pensou nisso? E tudo muda a partir deste momento.

O ritmo de vida do homem moderno está direcionado para buscar a segurança material e muitas vezes isto acontece em detrimento do bem-estar íntimo. Como existe muita preocupação com o futuro, busca-se ganhar muito dinheiro para garanti-lo. Com isso achamos que apenas e tão somente nossa segurança material irá nos trazer felicidade e estabilidade emocional. Assim, levamos a vida e não raro deixamos de vivê-la da forma mais rica que se possa imaginar.

Por outro lado, existem muitas pessoas que possuem dinheiro, muito dinheiro, suficientes para levar uma vida material tranquila ou têm uma família razoavelmente feliz, mas sentem certa angústia, porque sempre está lhe faltando algo, às vezes, aquilo que jamais alcançará. Enfim, não estão se sentindo muito felizes e neste momento peculiar de insatisfação é a hora ideal de buscarem dentro de si o sentimento de paz e alegria e trabalhar na construção de pensamentos, emoções e atitudes mais saudáveis e positivas substituindo assim, seus antigos condicionamentos psíquicos e mais amor a si mesmos.

É, exatamente, nestes momentos que essas pessoas percebem então que, somente a segurança material não é capaz de ajudá-los a proporcionar-lhes paz, alegria, amor, equilíbrio emocional e de lhes tornar felizes. Pensem nisso. Isto se justifica já que a felicidade é um estado de espírito, pois ninguém “tem” felicidade, mas sim, “sente” felicidade, ou melhor, serem felizes.

Por conseguinte, temos recebido a dádiva da vida e a oportunidade de vivê-la, e adquirir hábitos mais saudáveis que podemos adotar é a atitude de otimismo e de agradecimento, independente da posição social em que normalmente estamos. Não é mesmo? Outra oportunidade que a vida nos oferece gratuitamente é o hábito de agradecer todos os bens que possuímos e a possibilidade de mudar nossas vidas, com saúde. O livre-arbítrio que possuímos deste o momento de nosso nascimento e ao poder fazer escolhas a todo o momento, é no trabalho e muito mais.

O exercício frequente do otimismo e do agradecimento eleva a energia do ser humano criando uma atmosfera positiva e saudável em torno de si e de todos que se achegam a você e a seus familiares. Pensem nisso também.

E, finalmente, para não dizer que não falei das flores, lembrem-se: “Existem pessoas que choram por saber que as rosas têm espinhos, outras há que sorriem por saber que os espinhos têm rosas”. “Se queremos progredir, não devemos repetir a história, mas fazer uma história nova”. E, por fim: “Ter problemas na vida é inevitável, ser derrotado por eles é opcional” (Roger Crawford). Pensem nisso.








INFORMAÇÃO COM RESPONSABILIDADE! Whatsapp: (31) 9 8863-6430
E-mail: contato@asnoticiasonline.com.br
AS Notícias Online 2018. Todos os Direitos Reservados.
Desenvolvedor: SITE OURO

Copyright © 2017 - AS Notícias Online - Todos os direitos reservados.
É proibida a reprodução desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização.