AS Notícias Online Barra Serviços e Manutenções
HOME ESPORTE GERAL POLÍCIA POLÍTICA EMPREGOS MULHERES AGENDA COLUNISTAS FOTOS VÍDEOS CONTATO
Boa madrugada - Itabira, segunda, 17 de dezembro de 2018 Hora: 01:12 20 ºC
Velocidade do vento: 11.27 km/h
Nascer do Sol: 6:10 am e pôr do Sol: 7:28 pm

POLITÍCA
Essa eleição não pode ser vista como uma aventura ou como um balão de ensaio para 2020
diz Diguerê ao confirmar pré-candidatura à federal 07/08/2018

O vereador Rodrigo Alexandre Assis Silva “Diguerê” (PRTB) confirmou a sua pré-candidatura a deputado federal nas eleições de outubro. Ao ser questionado pela imprensa sobre a sua permanência na disputa, principalmente após a desistência do presidente da Câmara Municipal, Neidson Dias Freitas (PP), o vereador discursou a favor de uma campanha que seja capaz de eleger um representante para o município, o que segundo ele “é possível acontecer desde que haja a união de esforços”.

A ida para o PRTB, admitiu o vereador, foi uma estratégia para alcançar os votos necessários para se eleger deputado federal. “Vou manter sim a candidatura, entendo que Itabira tem uma grande possibilidade de conseguir eleger seus deputados agora, essa eleição de 2018 é muito importante para a população, que é uma cidade que tem porte para eleger seus deputados e não faz. Eu tenho estudado nos últimos seis meses todos os partidos e projetos do Estado de Minas Gerais e optei por filiar em um partido pequeno, que não tem deputados eleitos justamente para facilitar uma disputa e chegar ao Congresso, representando nossa cidade”, explicou ele.

Ainda de acordo com o vereador, a saída de Neidson Freitas do cenário é uma vantagem neste momento. Considerado pelo próprio Diguerê como dois políticos de perfis semelhantes, a desistência do atual presidente da Câmara aumenta a suas chances de chegar à Câmara dos Deputados.

“Neidson é um parlamentar jovem, nós temos um perfil semelhante no aspecto da idade, algumas experiências em comum, como por exemplo ter dirigido à Câmara Municipal por duas vezes, então, essa eleição não pode ser vista como uma aventura ou como um balão de ensaio para 2020 [eleições municipais]. É importante que o candidato tenha chance de ser eleito e a desistência do Neidson aumenta a nossa possibilidade de ter acesso aos votos”, afirmou.

O número de votos para ser eleito é um fator, que segundo Diguerê merece ser analisado pelo eleitor. Ter um deputado federal em Itabira, conforme destaca, é um benefício que a população “merece desfrutar”.

“Apesar de ser um partido pequeno, conseguiu juntar os 88 candidatos a deputado, então, o somatório de cada um deles possibilitará que alcancemos o coeficiente, o partido trabalha com a possibilidade de eleger duas cadeiras, sendo a segunda com um patamar de 40 mil votos, então, Itabira tem uma média de 90 mil eleitores e a gente entende que é importante a cidade faça a utilização deste voto, para que tenhamos um deputado na nossa região”, destaca o vereador.








INFORMAÇÃO COM RESPONSABILIDADE! Whatsapp: (31) 9 8863-6430
E-mail: contato@asnoticiasonline.com.br
AS Notícias Online 2018. Todos os Direitos Reservados.
Desenvolvedor: SITE OURO

Copyright © 2017 - AS Notícias Online - Todos os direitos reservados.
É proibida a reprodução desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização.