AS Notícias Online alcantara
HOME ESPORTE GERAL POLÍCIA POLÍTICA EMPREGOS MULHERES AGENDA COLUNISTAS FOTOS VÍDEOS CONTATO
Boa noite - Itabira, sexta, 25 de maio de 2018 Hora: 19:05 16 ºC
Velocidade do vento: 6.44 km/h
Nascer do Sol: 6:17 am e pôr do Sol: 5:22 pm

POLITÍCA
Vacinação contra febre aftosa vai até 31 de maio
Produtor que não cumprir prazo será multado 17/05/2018

A primeira etapa da campanha de vacinação contra febre aftosa 2018 começou no dia 1º e vai até o dia 31 de maio. Devem ser vacinados bovinos e búfalos de todas as faixas etárias.

Os criadores devem comunicar junto ao escritório do Instituto Mineiro de Agropecuária (IMA) a vacinação do seu rebanho, para que o órgão tenha um controle da regularização da situação sanitária local. Produtores com 150 ou mais animais devem fazer a declaração eletrônica obrigatória e os que possuírem até 150 animais têm a opção de declaração eletrônica ou presencial nos escritórios do IMA. É necessário apresentar nota fiscal de compra da vacina e a declaração de vacinação assinada e preenchida.

A segunda etapa da campanha será realizada em novembro, de acordo com o calendário oficial. Na ocasião, deverão ser vacinados todos os bovinos e bubalinos com até 24 meses de idade.

O secretário Municipal de Agricultura, Luiz Alberto de Araújo Moreira, ressalta que a vacinação é obrigatória. “Quem deixar de vacinar no período da campanha será multado e ficará impedido de comercializar o gado enquanto não regularizar a situação”, enfatiza Luiz Alberto, lembrando que está é uma determinação do Ministério da Agricultura.

Vacinação

A divisão de febre aftosa do Ministério orienta que a vacina seja aplicada na região da tábua do pescoço, debaixo do couro do animal (região subcutânea) e devem ser usadas agulhas esterelizadas e de tamanho adequado. Outros cuidados que devem ser tomados para garantir o sucesso da imunização são: só vacinar bovinos e búfalos; comprar vacinas somente em lojas registradas, transportar a vacina em caixa térmica e mantê-la no gelo até o momento da aplicação, vacinar o gado na hora mais fresca do dia, preencher a declaração de vacinação e a entregar no IMA do município junto com a nota fiscal de compra das vacinas.

Para obter mais detalhes, o produtor deve procurar a unidade do IMA de São Gonçalo do Rio Abaixo, localizado na rua Henriqueta Rubim, nº 450, bairro Niterói. Mais informações pelo telefone 3820-1905.








INFORMAÇÃO COM RESPONSABILIDADE! Whatsapp: (31) 9 8863-6430
E-mail: contato@asnoticiasonline.com.br
AS Notícias Online 2018. Todos os Direitos Reservados.
Desenvolvedor: SITE OURO

Copyright © 2017 - AS Notícias Online - Todos os direitos reservados.
É proibida a reprodução desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização.