AS Notícias Online Barra Serviços e Manutenções
HOME ESPORTE GERAL POLÍCIA POLÍTICA EMPREGOS MULHERES AGENDA COLUNISTAS FOTOS VÍDEOS CONTATO
Boa noite - Itabira, domingo, 18 de fevereiro de 2018 Hora: 21:02 22 ºC
Velocidade do vento: 11.27 km/h
Nascer do Sol: 5:46 am e pôr do Sol: 6:27 pm

POLITÍCA
Santuário do Caraça, em Catas Altas, passa exigir cartão de vacina contra febre amarela
05/02/2018

Como forma de evitar a proliferação da febre amarela na região, o Santuário do Caraça, localizado em Catas Altas, passou a exigir a apresentação do cartão de vacina para entrada dos visitantes na área do parque. Só pode ter acesso ao local quem tiver se imunizado há pelo menos dez dias.

Até o momento, não há casos da doença registrados no Complexo e nem em Catas Altas, que é o único município da região sem registros da doença.

De acordo com um comunicado exibido no site do Santuário, o Complexo do Caraça segue uma normativa da Secretaria de Saúde de Catas Altas. “Por questões de saúde pública, só será permitida a entrada no Complexo Santuário do Caraça mediante apresentação do cartão de vacinação que comprove a vacina contra febre amarela há pelo menos 10 dias”. A medida, esclarece ainda a nota, é uma ação preventiva necessária para combater a doença.

Além da apresentação do cartão, o Complexo, em parceria com a Prefeitura, promoveu uma campanha de vacinação e divulgação de informações para os funcionários. “A RPPN do Caraça tem uma equipe treinada e orientada pelos órgãos competentes, fazendo o monitoramento diário das trilhas e dos primatas. Não foi identificado nenhum caso de contaminação de febre amarela”, explica a nota.

O Complexo do Caraça recebe pessoas de cerca de 50 países todo ano.

De acordo com dados da Vigilância e Proteção à Saúde de Minas Gerais, foram confirmados 81 casos no estado, dos quais 36 com mortes. Na região, uma morte foi confirmada em Santa Bárbara; uma, em Alvinópolis; e uma, em Barão de Cocais.

O Governo de Minas Gerais decretou situação de emergência em cinco áreas do estado, somando 162 municípios. 

Febre amarela - A febre amarela é uma doença infecciosa febril aguda, causada por um vírus transmitido por mosquitos infectados.

Em área rural ou de floresta, os macacos são os principais hospedeiros e a transmissão ocorre pela picada dos mosquitos transmissores infectados Haemagogus e Sabethes.

Nas cidades, a doença pode ser transmitida principalmente por mosquitos da espécie Aedes aegypti.

Não há transmissão direta de pessoa a pessoa.

Os sintomas iniciais da febre amarela incluem o início súbito de febre, calafrios, dor de cabeça intensa, dores nas costas, dores no corpo em geral, náuseas e vômitos, fadiga e fraqueza.








agnaldo
INFORMAÇÃO COM RESPONSABILIDADE! Whatsapp: (31) 9 8863-6430
E-mail: contato@asnoticiasonline.com.br
AS Notícias Online 2018. Todos os Direitos Reservados.
Desenvolvedor: SITE OURO

Copyright © 2017 - AS Notícias Online - Todos os direitos reservados.
É proibida a reprodução desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização.