AS Notícias Online
HOME ESPORTE GERAL POLÍCIA POLÍTICA EMPREGOS MULHERES AGENDA COLUNISTAS FOTOS VÍDEOS CONTATO
Boa noite - Itabira, sábado, 21 de julho de 2018 Hora: 22:07 16 ºC
Velocidade do vento: 6.44 km/h
Nascer do Sol: 6:26 am e pôr do Sol: 5:33 pm

ESPORTE
Goleada histórica confirma força do Cruzeiro na Copa Libertadores
27/04/2018

Vinnícius Silva/ Cruzeiro

Angel Drumond

Em noite memorável, depois uma esplêndida apresentação e diante de 34 mil torcedores no Mineirão, o Cruzeiro aplicou uma sonora goleada na Universidad de Chile por 7 a 0, e repetiu sua maior goleada na história da competição quando goleou o Real Potosi por 7 a 0, em 2010, assumindo a segunda posição do grupo 5 da Copa Libertadores. Os gols da Raposa na partida foram marcados por Thiago Neves (2), Sassá (2), De Arrascaeta, Rafinha e Rafael Sóbis.

O time celeste começou arrasador na partida e abriu o placar aos nove minutos com gol de Thiago Neves cobrando falta. Rafinha fez o segundo e Sassá, de pênalti, ainda no primeiro tempo, aumentou o marcador.

No segundo tempo, a La U, perdeu o segundo jogador expulso e sofreu uma pressão incrível da Raposa. De Arrascaeta fez o quarto gol, Sassá fez o quinto, Thiago Neves fez o seu segundo na partida e sexto da Raposa. Rafael Sóbis, que entrou no lugar do Sassá, fez o sétimo da goleada celeste.

Palavra de Thiago Neves

Fundamental na partida desta noite, autor de dois gols e participação direta em pelo menos cinco tentos da Raposa, Thiago Neves foi peça importante da Raposa na vitória épica sobre a La U, adversário direto na campanha do grupo 5 da Copa Libertadores. O camisa 30 elogiou o comportamento da equipe e principalmente o grande resultado conquistado no Mineirão, na grande goleada sobre o time chileno.

“É um time muito cascudo. É um time diferente, com jogadores com experiência. Sabíamos que o jogo era importante. Tínhamos que somar pontos. Jogamos bem no primeiro jogo contra eles lá, jogamos bem no Rio, mas os gols não saíram. Merecemos, desde o primeiro minuto, essa goleada", disse o craque.

Estratégia do treinador Mano Menezes

Mano Menezes, satisfeito com o desenvolvimento da sua equipe, elogiou o comportamento dos atletas durante a partida e comemorou a colocação celeste na disputa do grupo 5, já que a Raposa avançou a segunda posição do grupo, lugar que garante a classificação à próxima fase do torneio sul-americano

“Traçamos uma estratégia pensando em fazer no mínimo os quatro pontos. Hoje iniciamos bem, roubamos bola, isso nos deu uma vantagem inicial de 2 a 0, que abriu uma tranquilidade para o time e para o torcedor que veio ao estádio. Uma vitória que nos deixa feliz por ter nos colocado de novo na disputa”, disse Mano.

CRUZEIRO 7 X 0 UNIVERSIDAD DE CHILE

Motivo: 4ª rodada do Grupo 5 da Copa Libertadores da América.

Data: 26/04/2018 (quinta-feira)

Local: Mineirão, em Belo Horizonte-MG

Árbitro: Roddy Zambrano (equ)

Público pagante: 30.252

Público presente: 34.147

Renda: R$1.584.454,00

Gols: Thiago Neves aos 9 minutos, Rafinha aos 17 minutos e Sassá aos 43 minutos do primeiro tempo;  De Arrascaeta aos sete minutos, Sassá ao 16 minutos, Thiago Neves aos 29 minutos e Rafael Sóbis aos 35 minutos do segundo tempo.

 Cruzeiro: Fábio; Edílson (Lucas Romero), Dedé, Léo e Egídio; Henrique (Ariel Cabral), Lucas Silva, De Arrascaeta e Thiago Neves; Rafinha e Sassá (Rafael Sóbis).

Técnico: Mano Menezes

Universidad de Chile: Johnny Herrera, Jara, Vilches, Echeverria, Matías Rodriguez, Reyes, Pizarro (Contreras), Beausejour, Araos, Soteldo (Rafael Caroca), Pinilla (Guerra).

Cartão amarelo: Henrique (Cruzeiro)

Cartões vermelhos:  Vilches e Echeverria (Univ. De Chile)

www.cruzeiro.com.br








INFORMAÇÃO COM RESPONSABILIDADE! Whatsapp: (31) 9 8863-6430
E-mail: contato@asnoticiasonline.com.br
AS Notícias Online 2018. Todos os Direitos Reservados.
Desenvolvedor: SITE OURO

Copyright © 2017 - AS Notícias Online - Todos os direitos reservados.
É proibida a reprodução desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização.