AS Notícias Online
HOME ESPORTE GERAL POLÍCIA POLÍTICA EMPREGOS MULHERES AGENDA COLUNISTAS FOTOS VÍDEOS CONTATO
Bom dia - Itabira, domingo, 19 de agosto de 2018 Hora: 08:08 15 ºC
Velocidade do vento: 11.27 km/h
Nascer do Sol: 6:12 am e pôr do Sol: 5:42 pm

ESPORTE
Apito final, Atlético-PR 1 x 2 Cruzeiro - No embalo do aniversariante Henrique
17/05/2018

Fotos: Vinnicius Silva / Cruzeiro

Alisson Guimarães

A caminhada pelo hexa da Copa do Brasil começou de fora positiva. Em Curitiba, o Cruzeiro venceu o Atlético-PR por 2 a 1, de virada, e largou na frente na disputa por uma vaga nas quartas de final da competição. Henrique e Raniel marcaram os gols da vitória cinco estrelas, enquanto Carleto fez o gol do time da casa.

A partida de volta será realizada apenas no dia 16 de julho, um dia após a final da Copa do Mundo, no estádio Mineirão.

A delegação celeste retorna a Belo Horizonte nesta quinta-feira, quando os atletas serão liberados. Na sexta, a Raposa fará sua preparação para o clássico contra o Atlético-MG, válido pela sexta rodada do Brasileirão.

Equilíbrio marca o primeiro tempo

Com as duas equipes buscando jogar futebol, o primeiro tempo teve início agradável na Arena da Baixada. A primeira chance foi do time da casa, aos 12 minutos, quando Rossetto exigiu boa defesa de Fábio.

Após a investida inicial do Atlético-PR, o Cruzeiro enfileirou boas chances. Sassá quase marcou de cabeça após cruzamento na área. Em seguida, Robinho teve duas boas chances. A primeira, aos 29, aproveitando cruzamento de Egídio, o meia estrelado finalizou de primeira, mas a bola ganhou a linha de fundo. Cinco minutos depois, o camisa 19 fez jogada de categoria e finalizou bonito de fora da área, exigindo grande intervenção do goleiro Santos.

Mesmo com mais chances reais de gol, a Raposa saiu atrás no placar. Aos 40 minutos, Carleto bateu falta com precisão no canto esquerdo de Fábio e anotou o primeiro gol da partida. O Cruzeiro ainda teve uma grande chance de empate na primeira etapa com De Arrascaeta. O camisa 10 roubou a bola da defesa adversária, driblou dois oponentes, mas esbarrou no goleiro Santos.

Presente do capitão

Na volta para a segunda etapa, o Cruzeiro novamente tomou as rédeas do jogo. Após um início mais cadenciado, a Raposa teve sua primeira grande chance com Sassá, aos 12 minutos. O camisa 99 fez boa movimentação na área e finalizou a jogada iniciada por Rafinha e De Arrascaeta. No entanto, a cabeçada foi por cima do gol adversário.

Buscando o empate a todo momento, o Maior de Minas conseguiu seu objetivo aos 34. Aniversariante do dia, o capitão Henrique arriscou finalização da intermediária e contou com uma pequena dose de sorte quando Thiago Heleno desviou de cabeça a trajetória da bola, que encobriu o goleiro adversário: um belo presente do camisa 8, que completou 33 anos de idade nesta quarta-feira.

Dominando o jogo, a Raposa foi premiada pelo seu grande esforço e conquistou a virada nos acréscimos. Dedé fez grande lançamento para Raniel, que entrou na etapa complementar. O garoto ganhou a disputa contra o zagueiro adversário e, com categoria, deu números finais à partida, garantindo uma grande vitória estrelada: 2 a 1.

Comandante satisfeito com o rendimento

Como não poderia ser diferente, o técnico Mano Menezes elogiou a aplicação e entrega de seus comandados na grande vitória em Curitiba. Na opinião do treinador celeste, os jogadores tiveram entendimento de jogo, especialmente quando o adversário estava à frente no placar.

“Tivemos o controle do jogo em diversos momentos. A equipe teve postura e qualidade. Perdeu dois gols que não pode perder no primeiro tempo e que fazem falta em jogos assim. No segundo, teve a competência em não se apavorar. É preciso saber jogar esse tipo de jogo e tivemos méritos. Uma vitória importantíssima, que é apenas um primeiro passo. Mas que me deixa muito contente pelo que vi o Cruzeiro apresentar como equipe”, destacou o treinador.

Mano também aproveitou para parabenizar o capitão Henrique pelo gol e pelo aniversário, comemorado em grande estilo.

“Henrique no dia do seu aniversário nos deu um presente. Faz parte da trajetória dele gols de média distância e de importância. Até tenho cobrado esses chutes dos jogadores. A equipe está mais confiante, os resultados fizeram isso. A confiança tem feito com que os volantes cheguem mais à frente. Isso faz com que a cada jogo a gente possa produzir mais”, analisou.

ATLÉTICO-PR 1 X 2 CRUZEIRO

Motivo: Jogo de ida das oitavas de final da Copa do Brasil

Data: 16/05/2018 (quarta-feira)

Local: Arena da Baixada, em Curitiba-PR

Árbitro: Péricles Bassols Cortez (PE/CBF)

Gols: Carleto, aos 40 minutos do 1º tempo; Henrique, aos 34, e Raniel, aos 47 minutos do 2º tempo

Atlético-PR: Santos; José Ivaldo, Pavez e Thiago Heleno; Rossetto, Camacho, Lucho (Bruno Guimarães) e Carleto; Raphael Veiga (Matheus Anjos), Pablo e Bergson (Marcinho). Técnico: Fernando Diniz

Cruzeiro: Fábio; Lucas Romero, Dedé, Léo e Egídio; Henrique, Lucas Silva, Rafinha, Robinho (Mancuello) e De Arrascaeta (Rafael Sóbis); Sassá (Raniel). Técnico: Mano Menezes

Cartões amarelos: Egídio (Cruzeiro); Bergson, Camacho (Atlético-PR)

www.cruzeiro.com.br








INFORMAÇÃO COM RESPONSABILIDADE! Whatsapp: (31) 9 8863-6430
E-mail: contato@asnoticiasonline.com.br
AS Notícias Online 2018. Todos os Direitos Reservados.
Desenvolvedor: SITE OURO

Copyright © 2017 - AS Notícias Online - Todos os direitos reservados.
É proibida a reprodução desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização.